Vibrador Eve´s Rabbit

  •  
  •  
  •  
  •  
Vibrador Eve´s Rabbit - Imagem 1    
Vibrador Eve´s Rabbit - Imagem 2    
Vibrador Eve´s Rabbit - Imagem 3    

* Clique na imagem para ampliar

Variação de Preco:

R$35,90 a R$999,00

Sexônico

Comprimento da “parte penetrável”: 19 cm x Espessura: 4 cm

Não tem cheiro; Superfície macia, agradável ao toque da pele

Com apenas um tiquinho de insistência, ele vai fazer você chegar ao orgasmo.

  •  
  •  
  •  
  •  

Poderes

 

Com apenas um tiquinho de insistência, ele vai fazer você chegar ao orgasmo.


Desvantagens

 

São necessárias 4 pilhas para ver o Rabbit funcionando. Isso aumenta o custo benefício significativamente. Ainda não verificamos por quanto tempo as pilhas resistem às peripécias do Rabbit.


Conclusão

 

O investimento vale muito mais a pena do que você pode prever. Palavra de iniciante no mundo dos Rabbits irresistíveis...

 

 

Testando...

 

Um orgasmo. E eu que achava já ter experimentado isso antes... Doce ilusão. As pernas com câimbra, o corpo esquentando em espasmos incontroláveis, os pés contraídos, e aquele gozo que parece aliviar o tesão acumulado há anos! Não, isso não é uma descrição clichê de um orgasmo. É o que eu vivi, sem tirar nem pôr, depois que testei todas as velocidades e combinações permitidas pelo super Rabbit.

Ai, ai... Eu vou suspirar por este vibrador por muito tempo! O Rabbit definitivamente não é um brinquedo erótico comum. É o produto que merece ser tratado com seu maior carinho. Produzido com um material macio, maleável, que parece ter qualidade para durar eternamente, o Rabbit assusta à primeira vista. O brinquedo é grande. E bota grande nisso! Consistente e volúvel, parece que ele nunca vai encontrar seu par perfeito. Mas pode ter certeza: você tem espaço suficiente para encaixar todo esse talento entre suas pernas.

Para começar a penetração, aconselho que você faça a higienização, lavando o produto com cuidado para não danificar sua parte elétrica. Isso porque o Rabbit precisa de 4 pilhas pequenas para mostrar sua força (lembre-se disso e cheque se as pilhas estão novas para não terminar a noite desiludida). Lavando toda a superfície transparente com delicadeza, massageie também a dobrinha entre o vibrador e o “coelhinho” (você vai entender esse detalhe assim que o Rabbit estiver em suas mãos).

Enxágue bem, em água corrente, e não cometa o erro de secar o produto. Fiz isso da primeira vez, e não ajudou em nada. Melhor deixar as gotinhas d´água espalhadas pela superfície. Em contato com a lubrificação da sua vagina, elas dispensam o uso de lubrificantes, pode acreditar.


Eve´s Rabbit, versão do famoso Jack RabbitAntes que você pense que aquilo tudo vai entrar em você sem um charme, aperte o ON, e em seguida já coloque o brinquedo no modo de rotação 1. Serão 5 velocidades de rotação para você experimentar, com 7 modos vibratórios das pontinhas da extensão do vibrador. Se o vibrador estiver girando, ele vai penetrar facilmente na vagina. À medida que você for empurrando o produto, vá aumentando a velocidade de rotação aos poucos. Eu preferi usá-lo sem puxar e empurrar para dentro da minha vagina. Esse movimento de penetração - imitando o que os homens fazem normalmente, mais a rotação do brinquedo, causou certo desconforto. Melhor mesmo mantê-lo sempre girando... Então, quando você estiver bem confortável desfrutando das sensações primárias que o Rabbit vai trazer, comece a brincadeira pra valer.

É disso que eu estou falando: as “orelhinhas” do Rabbit se movimentam em combinações que parecem aleatórias (no vídeo você conseguirá visualizar melhor). Nessa hora recomendo que você vá sentindo o que cada movimentação causa quando as pontinhas entram em contato com a parte interna dos pequenos lábios da sua vagina. Isso parece muito técnico, mas se você não entender onde tem que encaixar o quê, vai tudo por água abaixo! Da primeira vez eu quis forçar o contato, e não vi graça nenhuma.

Dessa vez não, fui percebendo as sensações que cada velocidade dava. É importante sentir o brinquedo sem afobação, porque algumas vezes a pontinha acaba machucando a pele. Por ser bem pontuda – perdoem-me o pleonasmo – ela acaba raspando demais na vagina, principalmente quando o Rabbit está no modo contínuo. Mas acredito que cada pessoa tem uma sensibilidade diferente, então você deve ir mesmo testando qual movimento combina mais com o seu gosto. Eu fui variando, evitando apenas aquela velocidade que machucava e causava certa ardência.

Uma vez em contato com a parte interna da vagina, seguindo as linhas que os pequenos lábios formam com os grandes lábios (por favor, vejam o vídeo para também compreender melhor essa descrição), o Rabbit começa a mostrar do que é capaz. Quando aquilo já estiver bom, mantenha o vibrador parado e puxe a mão um pouquinho na direção do seu umbigo. É justamente aí que mora o perigo! As pontinhas vão atingir em cheio seu clitóris. Pode ter certeza: você vai saber quando isso acontecer. Varie esse movimento, deixando o vibrador em contato com o clitóris por alguns segundos, e desencostando o brinquedo do clitóris. Isso é capaz de deixar qualquer mulher maluca... E eu estou feliz, podem acreditar, porque finalmente descobri onde está o meu Ponto G.


Eve´s Rabbit, modelo testado pela Mariana BlacO segundo encontro com o Rabbit rendeu uma rapidinha. Descobrir um vibrador que enfim me mostrou do que minha vagina é capaz de fazer comigo me deixou tão surpresa que logo minhas pernas se contraíram, e eu acabei deixando aquela sensação tomar conta de mim. Quando vi, apenas algumas mexidinhas brincando com meu clitóris bastaram para eu já estar gozando. Não pude evitar.

Talvez o destino dessa vez tenha me dado uma mãozinha (desculpem-me, vocês vão logo perceber que tenho mania de atribuir tudo ao acaso do destino). A música estava boa, eu cheguei ao auge, o gozo desconhecido me assustou para querer mais assim, logo de cara, e o último acorde soou no rádio ligado.

Aí foi só largar o vibrador no meu lado, fechar os olhos e sentir o que uma Norah Jones é capaz de fazer com sua voz soando nos ouvidos femininos depois de uma transa das boas. Se isso já é bom demais quando temos um homem para chamar de nosso deitado sobre nossos braços, imagina se a sua noite perfeita tiver sido ao lado de um Vibrador Power que, convenhamos, dá muito menos trabalho do que um homem bem talentoso!

 

 

This text will be replaced

 

  •  
  •  
  •  
  •  
comments powered by Disqus