Pênis Rotativo Rabbit Crystal

  •  
  •  
  •  
  •  
Pênis Rotativo Rabbit Crystal - Imagem 1    

* Clique na imagem para ampliar

Variação de Preco:

R$79,90 a R$79,90

Nanda Laon

Sete variações de vibração do Rabbit e três velocidades de rotação dos massageadores.

  •  
  •  
  •  
  •  

Poderes

 

Nota 10. O grande diferencial é o Rabbit, que possui SETE variações de vibração (você varia de acordo com o momento, o clima da relação: tem para todos os gostos). Além disso, o sistema de rotação interno do vibrador é um sucesso, com três velocidades que deixam qualquer um bem excitado!!! Quer mais? Sim, tem mais: o design o torna um artigo de luxo que toda mulher já pensou em ostentar! Todo transparente, com massageadores internos que se parecem com pérolas, é um ótimo aguçador para suas fantasias eróticas!


Desvantagens

 

Aqui entre nós, acho que ele poderia penetrar um pouco mais fundo, se é que você me entende... É que na verdade o Rabbit acaba impossibilitando que o vibrador penetre por inteiro. Então todo aquele tamanho, que me assustou um pouco no começo, é só para causar uma primeira impressão mesmo, porque na verdade é impossível usufruir de tooodo o vibrador, já que o Rabbit não tem o corpinho maleável (ele realmente fica para fora, ao alcance do seu clitóris!).


Conclusão

 

Como casal estamos muito satisfeitos com o desempenho do produto. Claro que nas primeiras semanas queríamos brincar com o John quase todas as noites, porque ele realmente proporciona diversas possibilidades (esteja você com um parceiro ou sozinha). Esse é um tipo de produto que é difícil de enjoar e esquecer no fundo da gaveta. Fácil de limpar, guardar e levar para viagem. Só tem que ficar de olho nas pilhas: é fácil perceber quando elas começam a ficar velhas, pois o vibrador e o Rabbit vão perdendo a intensidade da vibração. Aprovamos e recomendamos.

 

 

Testando...

 

Nossa história começa bem longe do Brasil, em Dublin, Irlanda. Após alguns meses de namoro e um inverno rigoroso, eu e meu namorado percebemos que passávamos muito tempo entre quatro paredes, o que aumentava cada vez mais a nossa intimidade e a nossa libido sexual! Foi então que, em uma dessas manhãs muito frias (e depois de deixar todo o vidro do quarto embaçado), decidimos que era hora de sair do convencional e partir para algumas aventuras sexuais. Não tivemos dúvida de que um vibrador entre nós seria o brinquedo ideal para descobrirmos novos prazeres!!!

 

Partimos então à procura do modelo perfeito! Sem titubear, meu namorado escolheu o modelo Rotativo Rabbit Crystal. Confesso que fiquei um pouco assustada com a escolha, tentei convencê-lo de levarmos algo mais simples, menor... Mas não adiantou: acabamos saindo da loja com um ultra moderno vibrador!!!

 

embalagem vibrador rabbitBastou uma preliminarzinha para eu ter certeza de que havíamos feito a escolha certa!!! O John, como o chamamos, não deixou a desejar. Conseguimos nos divertir muito descobrindo todas as façanhas que ele pode realizar! A primeira penetração foi bem excitante. Meu namorado escolheu a velocidade mínima do Rabbit e foi penetrando bem devagar... Foi uma explosão de sensações. Primeiro senti o sistema de rotação interna do vibrador, e ao penetrá-lo totalmente pude experimentar o poder das orelhinhas do Rabbit, que ao encostarem no meu clitóris me levaram às nuvens. E isso foi só o começo, porque aos poucos ele foi aumentando e variando a velocidade da vibração. E para potencializar ainda mais, basta inclinar as orelhinhas na direção do clitóris.

 

Em contra-partida, meu namorado se deliciou com o fato de poder explorar o meu corpo. Quase como um super-herói, com o vibrador em mãos, ele ganha super poderes. Apesar de ter rolado uma certa insegurança da parte dele (sim, ele pensou que eu poderia preferir o John!), ele consegui entrar no clima e se divertir tanto quanto eu. O fato dele me proporcionar muito prazer foi o que mais o excitou; portanto, usar o John foi uma experiência incrível para ambos.

 

Sobre a insegurança de um vibrador numa relação a dois, a princípio pode ser algo normal, mas é claro que não pode se tornar um problema para o casal, pois o vibrador - ou qualquer outro artefato - é como um coadjuvante, ou uma forcinha extra: nunca substituirá o parceiro!

 

O vibrador, além de outras funções, tem também uma aparência muito agradável. Feito em silicone transparente, com textura lisa e maleável, ele penetra com facilidade. Por dentro há dois sistemas de rotação, que giram em direções opostas e em três velocidades, potencializando a sensação da penetração. Além disso, tem o Rabbit (meu melhor amigo, haha), um coelhinho simpático com duas orelhas anatômicas que vibram. Para mulheres clitorianas, que não chegam ao orgasmo sem a masturbação, o Rabbit se tornará também seu melhor amigo! Ele possui sete variações de vibração, incluindo três velocidades que se alternam em pulsos, vibração constante, entre outras. Mas atenção: é importante observar se a ponta das orelhinhas do coelho são arredondadas; caso contrário, poderá te machucar ou incomodar.

 

Bom, para terminar posso dizer que em um relacionamento a vontade dos dois deve ser respeitada e levada em conta. E nada melhor do que um diálogo para esclarecer as dúvidas e desejos de ambos. E posso afirmar com toda a certeza que usar um vibrador a dois pode ser muito mais interessante que usá-lo sozinha, basta ter criatividade e dar asas à imaginação...

  •  
  •  
  •  
  •  
comments powered by Disqus