Lubrificante Extase Sensuel

  •  
  •  
  •  
  •  
Lubrificante Extase Sensuel - Imagem 1    

* Clique na imagem para ampliar

Variação de Preco:

R$0,43 a R$39,80

Sexônico

30 ml

  •  
  •  
  •  
  •  

Poderes

 

Definido como lubrificante "de seda", o produto tem toque super agradável: não é pegajoso e vem em um frasco que facilita muito a aplicação! O fabricante garante que o produto é compatível com preservativos e vibradores.


Desvantagens

 

Achei o produto surpreendente e não encontrei desvantagens.



Conclusão

 

À base de água, o produto pode ser usado tanto para a lubrificação dos órgãos sexuais para evitar desconforto durante a penetração, quanto para uma massagem deliciosa pelo corpo todo. O aroma é extremamente agradável, e o sabor do produto é perfeito: tem mesmo gosto de morango!

 

 

Testando...

 

Desde que comecei a testar os acessórios eróticos para o Sexônico fiquei ainda mais curiosa em relação a um assunto que gera controvérsias: é ou não é fundamental garantir a lubrificação quando estamos usando um produto erótico?

 

Todo mundo sabe (ou deveria saber...) que a lubrificação natural é essencial para garantir o sucesso de uma boa transa. Isso é inquestionável! Quando era adolescente lembro-me muito bem de aproveitar uma consulta ao ginecologista para indagar o médico a respeito da falta de lubrificação, algo tão incômodo como praticamente inevitável na hora da transa. Encucada em saber quais eram os parâmetros para quem o nosso corpo chegasse à conclusão de que estávamos naturalmente preparadas para a penetração, questionei o Doutor sobre as causas e os efeitos da boa lubrificação. Pacientemente, ele me explicou que o organismo da mulher funciona de maneira bem diferente do corpo masculino – ó, Céus, porque tudo nesta vida precisa ser tão complicado, e quase sempre desencontrado! - esclarecendo que enquanto o homem tem uma curva ascendente muito direta e inteiramente ligada aos estímulos sensoriais das preliminares (por isso mesmo elas são primordiais nos momentos a dois), e como ele sabe muito bem como aproveitar os estímulos de prazer da visão, do tato, audição, olfato e paladar (já reparou como eles usam e abusam das carícias à medida que o pênis vai ficando ereto, indicando a hora exata para a penetração?), as mulheres têm certas características que tornam a preparação para o coito mais complexa. Primeiro porque o nosso órgão sexual está muito menos visível, e não envia nenhum sinal aparente e evidente de que está pronto para a penetração (exceto pela lubrificação que umidifica a região, e às vezes é tão abundante que escapa da vagina); segundo porque a curva de excitação da mulher é muito instável, oscilando enquanto as preliminares vão rolando, e voltando à estaca zero de maneira muito mais fácil, rápida e imprevisível. Falando em português claro, enquanto o homem já ficou animado para a transa umas mil vezes, nós ainda estamos pensando se a hora propícia para a penetração está mesmo a caminho...

 

Ilustrativamente, a curva reta ascendente masculina do prazer vai subindo; já as curvas de oscilação femininas vão formando o desenho de ondas; em dado momento preciso os pontos de prazer e excitação máxima se encontram: é neste exato momento que o pênis libera a lubrificação (não confunda com a ejaculação) e a vagina "solta" sua lubrificação natural. Bingo, é hora da penetração!

 

 

Pulga atrás da orelha

 

Nesse processo meio desencontrado, os casais não devem buscar culpados, mas sim encontrar as maneiras mais eficientes de despertar o prazer para que os dois cheguem ao ápice da lubrificação juntos, podendo então aproveitar o sexo em igualdade de conforto e gozo.

 

lubrificante extase sensuelMas e quando vocês insistem e a amiga lá embaixo parece não querer colaborar? Aí só há duas coisas a fazer: ou vocês respeitam as vontades inconscientes do corpo feminino e desistem da penetração, curtindo apenas um sexo oral bem feito; ou vocês tentam incrementar a lubrificação natural usando um produto erótico como o lubrificante íntimo. E, antenção: nada de colocar saliva, cuspe, gelo, ou o que quer que a sua imaginação invente na hora. Apesar do sexo oral ser um dos pontos altos do prazer, garantindo que o corpo da mulher se prepare fisiologicamente para a hora do sexo, essa história de cuspir no dedo e passar lá para ver se o desconforto some é balela. Quem experimentou sabe que isso é economia porca, que só atrapalha o clima e prova para a mulher que o homem está um pouco de má vontade com ela...

 

Rios de prazer

 

Digo má vontade porque o homem bem que pode aproveitar o momento da falta de lubrificação inconveniente para demonstrar todo o seu zelo e carinho pela companheira acabando com o climão e sugerindo, como um verdadeiro gentleman, que eles usem um lubrificante e terminem a noite felizes da vida! Você concorda?

 

Esclarecida a questão do descompasso entre a mente humana e as vontades da carne, proponho debatermos outra dúvida cruel que aflige as consumidoras de produtos eróticos: é absolutamente necessário usar um lubrificante íntimo com o seu vibrador favorito, ou o brinquedinho pode continuar funcionando muito bem apenas com a lubrificação natural?

 

Convencida momentaneamente pela proprietária de uma das Sex Shops que visitei durante minhas férias na Espanha, comprei um lubrificante super cheiroso, com sabor pouco artificial de morango. A intenção era mesmo experimentá-lo em um desses momentos difíceis em que temos que socorrer nossa vagina se não queremos ir além dos seus limites (o atrito, pela leis da física, naturalmente não é algo saudável para o corpo humano). Porém, o momento a dois não veio, a curiosidade de usá-lo com um dos meus vibradores durante o teste era maior do que a paciência por esperar um pênis de verdade, e lá fui eu inaugurar meu lubrificante à base de água.

 

Surpresa!

 

Jack Rabbit White Edição especialO escolhido da vez para me acompanhar no teste foi o Jack Rabbit White, que será tema da próxima crítica (e rende capítulos para outras histórias...).. Diferente do Eve´s Rabbit, primeiro produto avaliado por mim aqui no Sexônico, esse modelo tem a rotação mais suave, e provavelmente por isso meu corpo não ficou estimulado na medida certa para experimentá-lo. Ainda indisposta em dia pós-menstrual, decidi conferir de vez se o lubrificante é mesmo o melhor amigo do vibrador.

 

E não é que o produto fez uma baita diferença naquele dia? Colocando um pouquinho do gel nas pontinhas do estimulador de clitóris do Rabbit (quando falo um pouquinho é porque a quantidade de produto foi mínima mesmo, quase imperceptível), logo vi e senti os efeitos e os benefícios de ter tomado a decisão certa de utilizar o lubrificante. Espalhando um aroma super agradável pelo ambiente, o produto se espalhou pela vulva e permitiu que as orelhinhas tocassem meu clitóris com muito mais suavidade e delicadeza. A potência máxima de vibração ficou muito mais estimulante com o produto besuntando tanto o vibrador, quando a região dos pequenos lábios da minha vagina. Se eu soubesse que um bom lubrificante deixa tudo mais fácil quando nosso corpo teima em parecer não estar a fim, teria comprado o excelente Extase Sensuel bem antes!

 

P.S.

 

Mesmo curtindo adoidado o vibrador melecado com o lubrificante, faço duas ressalvas importantes. Após ser alertada pela dona da Sex Shop sobre a importância de usar sempre o lubrificante em conjunto com qualquer brinquedo erótica, não me convenci e fui tirar a dúvida com a Paula Aguiar, presidente da ABEME (Associação Brasileira de Empresas do Mercado Erótico e Sensual), que me garantiu: o lubrificante, assim como no relacionamento, não é indispensável. Ele funciona como uma ajudar para livrar a mulher dos desconfortos causados na penetração.

 

Depois de conversar com ela, perguntei também para a minha ginecologista, que confirmou que nós devemos ter sempre foco sobre um objetivo primordial: respeitar o nosso corpo e os nossos anseios sexuais. Se você está preparada para usar o vibrador, já entrou no clima e o organismo responde com uma boa dose de lubrificação natural, por que abrir mão do lubrificante? Agora, se o corpo está preguiçoso, o produto funciona sim como um segundo melhor amigo da mulher.

  •  
  •  
  •  
  •  
comments powered by Disqus