Viber Spray Hot Shock HotFlowers

  •  
  •  
  •  
  •  

Poderes

 

Efeito vibratório leve nos lábios e vagina, desperta certa curiosidade nas mulheres e não lambuza


Desvantagens

Não funciona para homens se masturbarem e para eles o efeito é muito leve, quase imperceptível durante uma relação, efeito passa rápido.


Conclusão

 

Apesar da sensação fraca, quase imperceptível, no pênis, foi um ótimo aliado no primeiro passo com as mulheres e despertando suas curiosidades para o uso. A sensação nos lábios faz valer a pena experimentar e o produto não deixa melado.

 

Testando...

 

Passeando pela “ErotiKa Fair” com uma amiga atrás de novidades nos falaram sobre um tal “óleo vibrador” e como estávamos dispostos a experimentar tudo que fosse novidade encaramos essa, a demonstração foi simples, espirrar um pouco na mão (como qualquer outro produto que nos ofereciam) e com o dedo passar nos lábios, confesso que na hora nos entreolhamos já que nada sentimos, foi preciso cerca de 40 segundos para nossos lábios começarem a sentir os efeitos do produto, confesso foi algo diferente que me agradou e não deixava melado, nós acabamos levando, cada um o seu. Meu primeiro teste com o produto foi em casa sozinho, por curiosidade, queria saber como ele funcionaria em contato com o pênis, qual tipo de prazer ele poderia me causar nas brincadeiras solitárias tarde da noite, passei o óleo apenas na base e corpo do meu órgão, com medo de passar na cabeça e ter algum efeito desagradável (como sabonete, por exemplo), infelizmente a experiência não foi a esperada e não alterou em nada, não tive sensações, não senti a parte vibratória que mais cedo havia sentido em meus lábios. Como tenho meu lado “invocado” claro que não desistiria tão fácil e decidi então usar na primeira relação que tivesse, para minha sorte não precisei esperar muito e logo reencontrei um caso antigo, Julia (nome fictício), que aceitou assistir a um filme em casa, como já tínhamos intimidade e ela conhecia minha “gaveta secreta” (gaveta com produtos eróticos), fui logo colocando o óleo em minha mão e passando na boca dela para ver sua reação, passado o tempo de efeito ela começou a rir e achou estranho, só que um estranho bom e na mesma hora me beijou. Quando começou a relação sugerimos o famoso 69 com o óleo, ela passou na boca e vagina e eu apenas na boca, a sensação vibratória foi muito mais satisfatória para ela do que para mim, a sensação que tive enquanto o oral era realizado foi bem leve e quase imperceptível, enquanto para ela foi mais forte inclusive na vagina, dispensando até o uso de um vibrador para a brincadeira , conforme Julia mesmo me disse, “A sensação não é tão forte mas é mais agradável que usar um vibrador, pra mim acabou dando mais prazer por gostar de sensações mais suaves durante o oral”. Na relação propriamente dita com o uso da camisinha não senti absolutamente nada do produto e ela sentiu menos do que durante o oral, já que a penetração causa uma sensação mais “forte” do que o oral. Percebi que o óleo vibrador em questão me ajudou bastante a “excitar” e gerar interesse nas minhas companhias, sempre passando na boca primeiro, despertando a curiosidade da mulher e sempre gerando um beijo mais “enlouquecido” no momento, talvez algo psicológico, porem o que é perfeito, afinal uma coisa sempre leva a outra. Infelizmente não tive sucesso em utiliza-lo sozinho e pouco mudou para mim durante o sexo, mas ainda assim fiz valer a compra. Um detalhe relatado por uma minoria de mulheres foi a questão do gosto, apesar de eu não sentir gosto algum no produto, pelo menos três parceiras sentiram o gosto e não o efeito, algo que felizmente não acabou atrapalhando, apenas gerando brincadeiras.

  •  
  •  
  •  
  •  
comments powered by Disqus