Chicote

Chicote

O sadomasoquista conhece as mais variadas técnicas de sedução. Seja como dominador, seja como dominado, ele sabe usar a imaginação a seu favor. A partir daí, vale ter em mãos todos os truques. E que tal usar o poder dos chicotes e das chibatas? Saiba mais sobre Chicote

 
1 2 3 4
Próxima

Mais informações sobre Chicote

Chicotes, chibatas e outros instrumentos de castigo são perfeitos para a prática do sadomasoquismo. Quem gosta de apimentar as preliminares, ou procura formas de renovar e deixar o sexo muito melhor, nada como ter em casa um chicote e uma chibata escondidos no armário.

Para seus adeptos, é sabido que todas as atividades devem respeitar conduta SSC, que significa Sã, Segura e Consensual. Assim sendo, os chicotes e as chibatas servem para dar muito mais prazer aos parceiros ou parceiras, desde que tudo faça parte do jogo. Pois até os sadomasoquistas que praticam as atividades de BDSM (Bondage, Disciplina, Sadismo e Masoquismo) seguem o comportamento na prática sexual.

Chicote
Chicote

Pode-se usar o chicote normal – em geral fabricados com couro e totalmente lisos, medindo 20, 40, 60, 80 centímetros, de acordo com o gosto de cada um na hora do sexo. A variedade é tanta que há até os modelos “mini”.

Se preferir, compre as chibatas ou chicotes com adornos: franjas na ponta e cabos feitos com materiais diversos – pelúcia, madeira, cristal... Outros ficam presos a braceletes com fivela, arebite, chapa, mosquete e argola niquelados. A própria chibata pode ser feita de verniz, material mais firme que causa outro tipo de prazer.

A variedade é tamanha que o próprio chicote pode virar o adorno, como no “penacho com chicote”, onde o chicote fica preso a uma longa pena. Em relação às cores, o mais comum é que os chicotes venham nas cores vermelha e preto.

Ao invés de franjas, existem modelos com a ponta feita de corvin em tiras ou em formato de um triângulo ou de uma mãozinha. Esses potencializam o efeito da chicotada para quem pratica ou não o sadomasoquismo.

Os kits com os chicotes geralmente vêm com máscaras e vendas para melhorar o clima durante a relação.


Moda Tiazinha

No século passado, uma personagem criada por um programa de televisão ficou muito famosa. Era a Tiazinha, modelo-atriz que vestia-se com todos os acessórios típicos que usam as mulheres sadomasoquistas. Máscara nos olhos, chicote em mãos, plumas e paetês unidos a muitas roupas provocantes: lingeries, transparências, arreio de seios, couro a la mulher gato. Assim aparecia caracterizada diante de olhares ávidos pelo que viam.


Chibata
Chibata

Inspirado nesse fenômeno e símbolo sexual do passado, os kits Tiazinha são compostos pelo chicote e pela tradicional máscara preta. Algumas variações chamam os mesmos conjuntos de produtos de “Kit Domindora Tiazinha” ou “Kit Diabinha”, sempre formados pelo par chicote mais máscara. Kits mais aprimorados contêm também a calcinha. Tudo para deixar o sexo muito melhor!


Chicote + pênis

Um modelo específico de chicote tem na ponta um dispositivo que permite a fixação de um pênis. Ou o contrário: o pênis com tiras similares ao chicote. Para as atividades de BDSM do sadomasoquismo, a preferência entre um e outro depende apenas do desejo dos parceiros.


Chicote com Pênis
Chicote com Pênis

Vale lembrar que o detalhe importante que diferencia os diversos modelos de chicotes e chibatas refere-se ao número de tiras inserida no instrumento.