Cinta Peniana com fivelas

  •  
  •  
  •  
  •  

Poderes

 

Encaixe para todo tipo de pênis com base ampla. Os elásticos adicionais ajudam a manter a cinta firme e bem próxima ao corpo o que proporciona maior prazer para quem a usa. Fácil de colocar e lavar e por ser fininha pode ser guardada discretamente.


Desvantagens

A cinta costuma soltar um pouco no meio da transa. O encaixe do pênis sede com o tempo e as fivelas incomodam a pele. A altura do encaixe do pênis não é a correta pois fica na virilha. A dica é apertar bem e posicionar o pênis próximo do clitóris o que aumentará o prazer de quem a usa.


Conclusão

 

Excelente opção para todas as mulheres gays e heterossexuais que desejam diversificar e trazer uma novidade na relação. Por ser simples, fácil de usar e por mexer com a fantasia das mulheres e homens, é um produto que o casal nunca vai se cansar de usar. Todo o mundo deve ter!

 

Descrição técnica

 

Cinta preta em couro sintético com encaixe para pênis de diversos diâmetros e tamanhos. Possui fivelas de metal na cintura e dois elásticos atrás das nádegas que podem ser apertados para proporcionar maior firmeza a cinta. Leve, fácil de colocar, encaixe para diversos modelos de pênis que possuem base ampla.

 

Testando...

 

 

Ótimo produto para todas as mulheres. Lésbicas ou gays como eu adoram a cinta pois, com um pênis de toque suave e de bom tamanho, adequado para a sua parceira, ela proporciona uma experiência deliciosa e bem divertida para ambas mulheres. A delícia de colocar um pênis próximo da virilha e literalmente vestí-lo de vez em quando é uma ótima sensação para variar e trazer uma novidade no meio da transa. A experiência de vestir a cinta, encaixar o pênis e ficar na posição cem por cento ativa de preferência por cima, usando as mãos apenas para segurar a sua parceira pelas costas ou para apoiar-se é simplesmente sublime. Sem dúvida é uma sensação que todas as mulheres em algum momento da vida deveriam experimentar. Não consigo imaginar alguém que não deseje provar a cinta, isso pra mim seria minimamente um pecado, uma perda de tempo, de sexo. Já indiquei para várias amigas gays e também para muitas amigas heterossexuais que decidiram testar a cinta com seus maridos e namorados. A principal dica para as meninas que curtem sexo com homens é deixar o rapaz escolher o tamanho do pênis, já que ele é quem terá que encarar o brinquedo e assim faze-lo participar da novidade e claro, ajuda-lo a prepara-se para a experiência caso ele seja do tipo mais acanhado. O mais bacana da cinta é sem dúvida a troca de posições, ativo versus passivo, literalmente. Nenhuma mulher heterossexual costuma se imaginar pegando seu namorado ou marido, muito menos sendo a parte cem por cento ativa da relação. É uma sensação única e sem exageros, é um ótimo tempero na relação para incrementar o sexo de vez em quando. Todas as amigas que resolveram arriscar e experimentaram a cinta se surpreenderam, sem exceções! E pelo que já soube de alguns detalhes picantes, eles também! Para as mulheres gays a cinta é no meio de mãos, seios, toques suaves e carícias uma opção a mais no sexo e também uma ótima solução, simples assim. O encaixe é total, como no sexo heterossexual. Além disso, fantasias incluídas, que mulher gay nunca quis ter um pênis, mesmo que por algumas poucas horas? E que mulher gay não quis que sua parceira a pegasse de jeito com um pênis, sem que do outro lado houvesse necessariamente um homem? As mulheres gays sabem: a maioria não tem nada contra o pênis, ser gay é basicamente uma preferência pelas relações femininas. A cinta é a melhor forma de concretizar esse desejo nem sempre assumido para algumas mulheres. Poder ter e ver um pênis no corpo de uma outra mulher ou no seu corpo e ainda por cima, no tamanho e cor que você quiser, fazem da cinta um item básico no kit erótico de qualquer garota experta. Além de permitir a realização de um fetiche que sempre está na cabeça da mulherada, o pênis pode ser guardado na gaveta do armário com a cinta e ser usado quando e como você quiser, simples assim. De lado, por cima, de quatro, a cinta proporciona a liberdade total das mãos que naturalmente não ficam sem função e podem percorrer o corpo todo da companheira para aumentar ainda mais o prazer das duas. Um papai e mamãe também é super valido, aliás acho que essa é a posição preferida de quem usa a cinta pela primeira vez. Dependendo do tamanho do pênis, as possibilidades são maiores ou menores, mas convenhamos, pra quem é bom entendedor de sexo entre mulheres, tudo depende do encaixe, da velocidade e do jeito. Vale lembrar que na primeira vez deve-se começar com bastante calma ao usar a cinta peniana porque cá entre nós, ela mexe tanto com a libido e as fantasias, que é muito fácil você se surpreender com você mesma e perceber que ficou viciada na cinta e não querer outra coisa que não seja literalmente colar na sua parceira. Para as mulheres heterossexuais a cinta pode ser uma grande descoberta, uma revelação e para as gays a sensação de liberdade e a realização de uma super fantasia. Vale a pena conferir!

Confira também outros testes de Cinta Peniana

  •  
  •  
  •  
  •  
comments powered by Disqus